NOTÍCIAS

Como anda a saúde dos seus pés?
16 de janeiro de 2015

                                                                                           

'Tenho dores nos pés, de origem ortopédica. Faço fisioterapia e uso tênis específico com palmilha. Tem melhorado bastante. Dizem que a falta de postura afeta muito',                                                                                                       Eliane Assis, aposentada, de 60 anos 

 

                                                                                          

                                                  'Anda bem, pois uso sempre o tênis adequado, confortável. Conheço e frequento um podólogo com frequência',

                                                                                                              Jane Coutinho, aposentada, de 62 anos 

                                                                                           

                                 'Graças a Deus não tenho problemas nos pés. No dia a dia alterno o uso de calçados, com tênis e sapatilha pela manhã, e salto alto', 

                                                                                                                    Alessandra Gomes Carvalho, engenheira, de 43 anos

_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 “Razoável. Às vezes dá um incômodo no Tendão de Aquiles por conta do esforço de caminhada, de correr. Tirando isso, normal. Vario o uso de calçados justamente para evitar o desgate em determinadas áreas do pé.”
Orly Antônio Gonçalves da Silva, servidor, de 32 anos
 
 

 

ESTRUTURA DOS PÉS ​
Tipos: 
- Normal
- Cavo
- Plano

FIQUE DE OLHO
Inconvenientes que pegam no seu pé 
Origem genética​


* Dedos em garra 
* Condição em que os dedos estão dobrados e as juntas para cima
* Joanete (hallux valgus) 
* Deformidade do osso metatarsiano, causando calos nas laterais dos pés
* Pé chato ou plano
* Formado sem a curvatura do pé, presente na maioria dos bebês (antes do desenvolvimento do arco plantar)
* Pé cavo 
* Aumento da curvatura do arco 

Origem adquirida 
* Bicho de pé
* Calosidades Engrossamento da pele (aumento de células mortas) por atrito, sobrecarga de atividades físicas ou deformidade pré-existente
* Cravos
* Fasceite 
* Inflamação da fáscia plantar (tecido na sola do pé) que conecta o calcâneo (osso que forma o calcanhar) aos dedos
* Fissuras ou rachaduras
* Micose
* Tendão de aquiles
* Unha encravada
* Verrugas 

5 DICAS QUE FAZEM A DIFERENÇA

1. Ande descalço

>> Além de ser bom para a saúde e revigorante, mantém os músculos ativos e as articulações móveis. Para quem não gosta de um contato direto com o chão, pode-se usar meia. Idosos exigem maiores cuidados e sapatos antiderrapantes. O local tem de ser higiênico e livre de fungos.

2. Hidratação​

>> Com o pé aberto e seco, aumentam as chances de fissuras que servem de entrada para bactérias. Os cremes evitam o ressecamento que leva às rachaduras. O hidratante deve conter lanolina e vaselina. Excesso de lixa é desaconselhável por aumentar a calosidade.

3. Amortecedores​

>> Calçados para correr ou caminhar devem ter algum tipo de amortecedor (não muito grande). Eles são indispensáveis para amortecer a pressão e o impacto do corpo.

4. Flexibilidade dos calçados​

>> Quando se usa apenas um calçado, o pé se acostuma e se molda nele. Borracha dura e solados muito rígidos são agravantes. O movimento tem de ser anatômico.

5. Acompanhamento diário​

>> O uso contínuo de calçados pode levar a bolhas, calos e manchas que apontam o uso inadequado de um calçado ou não. Se o sapato deixar o pé marcado, pode ser sinal de que é preciso mudar o que você usa.

 

Fonte:http://sites.uai.com.br/app/noticia/saudeplena/noticias/2015/01/12/noticia_saudeplena,151892/entre-2015-cuidando-dos-pes.shtml

VOLTAR